SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM COMO SUBSÍDIO PARA ENFERMAGEM DE QUALIDADE

Juliana de Castro Nunes Pereira, Sonia Maria da Silva Garcia, Patrícia Maria de Oliveira Andrade Araújo, Amanda Haissa Barros Henriques, Romina Pessoa Silva Araújo, Valmira de Assis Silva Almeida

Resumo


Introdução: A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) é uma atribuição profissional exclusiva do enfermeiro de acordo a Lei do Exercício Profissional nº 7.498/86 e a Resolução do Conselho Federal de Enfermagem nº 358/2009 e a sua implantação obrigatória nas entidades de saúde pública e privada. A preparação da sistematização da assistência de enfermagem é um dos elementos que o enfermeiro possui para sobrepor seus saberes técnico científicos e humanos no cuidado ao cliente e diferenciar seu exercício profissional, contribuindo na significação do seu desempenho. Objetivo: Realizar uma revisão bibliográfica afim de analisar a interferência da SAE, na qualidade dos serviços de enfermagem. Método: O presente estudo trata-se de uma pesquisa bibliográfica, efetuada nas bases de dados LILACS, BDENF e SCIELO, fazendo uso dos descritores: Enfermagem, cuidados de Enfermagem e gestão da qualidade. Resultados: Teve-se como referencial teórico para discussão dos dados a análise de conteúdo. A utilização da SAE organiza a atividade profissional da equipe de enfermagem, de maneira a transformar os aspectos éticos e humanos, no que se alude ao método, pessoal e de instrumentos, permitindo a operacionalização dos cuidados de forma individualizada e com qualidade. O cliente está vigilante ao que é essencial, todos os pormenores no momento da assistência que lhe é disponibilizada, a sua disposição de ouvir, perceber e de respondê-lo, ao modo como adianta suas necessidades, seu enfrentamento com o contato pessoal, o estilo de reconhecer a pessoa que estar trabalhando com você, tudo colabora para o julgamento da sua atuação, e quando ajustados de maneira apropriada e empregado com competência, essas atuações colaboram para a realização de um serviço de qualidade. A SAE representa uma relevante ferramenta que contribui para a demarcação do papel do enfermeiro, pois, viabiliza, o profissional empregar seus saberes técnico-científicos e humanitários na assistência ao indivíduo e evidenciar seu exercício profissional. Conclusão: É imprescindível que o enfermeiro respalde sua atuação em consolidados pressupostos filosóficos e metodológicos com o propósito de atingir um alto padrão de qualidade.

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet