AS PRINCIPAIS CAUSAS DO TRAUMA NA POPULAÇÃO IDOSA

Rubiana Cordeiro Rocha, Rafaela Santos da Silva, Wagner Pereira da Silva

Resumo


Introdução: O trauma quando acomete o idoso, está associada a incapacidades funcionais devido ao próprio processo de senescência que leva esse idoso a diminuição da capacidade funcional. Quando esse processo é negligenciado resulta em prejuízo na qualidade de vida das vítimas e seus familiares devido à perda da autonomia e independência, tornando-se uma importante questão social, econômica e de saúde. Com o aumento da expectativa de vida, o idoso torna-se uma parcela importante e especial da população mundial, necessitando de maior atenção em seus cuidados e especialmente na prevenção da ocorrência do trauma. Objetivo: Identificar as principais causas do trauma na pessoa idosa. Método: Revisão literária integrativa, guiado pela pergunta condutora Quais as principais causas do trauma na população idosa? com busca realizada na BVS, por meio das bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, associados ao repositório SciELO, entre os anos de 2010 e 2015. Consultando-se os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS/MeSH), foram selecionadas as palavras: Idoso, Trauma, Saúde do Idoso utilizados de forma conjunta, combinando-os através do operador booleano AND. Resultados: Os resultados indicam como principais causas do trauma em idoso: o uso de polifámarcos, a equidade visual enfraquecida sem o uso de óculos, a audição diminuída sem o uso do aparelho auditivo, além das vias publica sem o devido acesso voltado para o idoso. Os principais mecanismos do trauma em idoso são: as quedas do próprio nível e os atropelamentos. Entre os idosos, as mulheres são mais acometidas pelo trauma. Já em relação à idade, os idosos acima de 70 anos são as principais vítimas do trauma. Conclusão: Ficou evidenciado na pesquisa que apesar do grande aumento da população idosa nos últimos tempos no Brasil, esse público ainda não tem sido considerado prioridade nos estudos sobre causas externas e poucos deles são referentes à discussão das causas do trauma que acomete essa população. Os estudos também nos mostra que o processo de senescência necessita de cuidados e tratamentos específicos, mais ainda quando se trata do trauma, pois uma vez que sofre o trauma, esse idoso corre o risco de perder sua mobilidade, comprometendo sua independência e toda rotina familiar.

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet