FATORES PREDISPONENTES AO SURGIMENTO DAS ARBOVIROSES EMERGENTES NO BRASIL: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Dyego Ronald Ximenes dos Santos, Amanda Medeiros Raffaele, Cecília Gomes Tamarindo Neta, Ellyda Layanny Aguiar da Silva, Raul Ramos de Melo, Geovany Antônio Alves Da Silva

Resumo


Introdução: As arboviroses Dengue, Chikungunya e Zica, são doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e Aedes Albopictus, caracteriza-se como doença febril aguda, onde a maioria dos pacientes se recupera após evolução clínica relativamente branda, porém, uma parte progride para doença grave, constituindo uma das mais importantes zoonoses endêmicas no nosso país. Objetivo: Identificar na literatura científica, os fatores que predispõe o surgimento das arboviroses emergentes no Brasil. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, a partir da questão norteadora: Quais os fatores predisponentes ao surgimento das arboviroses emergentes no Brasil? Realizada nos periódicos: Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), SCIELO, LILACS, The New England journal of medicine, Rev. Pan- Amazônica de saúde, Revista medicina USP, Revista Hygeia, Rev. de Saúde pública, Rev. Brasileira de medicina do trabalho, PLOS journal, Pathogns and global health, Antiviral Research, Emerging Infectious Diseases. A partir dos achados os artigos foram analisados e discutidos. Respeitando os critérios de inclusão: artigos nacionais e internacionais, publicados entre 2011 a 2016 em inglês e português. Com critérios de exclusão: Artigos com acesso restrito, relatos de experiência, resumos e artigos duplicados. Através da busca utilizando os descritores: Infecção por arbovírus, Epidemiologia e Saúde Pública. Associados ao operador booleano AND foram encontrados 143 artigos, depois de aplicados os critérios preestabelecidos: 67, sendo selecionado um total de 19 publicações para a presente pesquisa. Para o processamento dos dados, as informações foram implantadas no Microsoft Word®. Pesquisa realizada em setembro de 2016. Resultados: Segundo as publicações avaliadas, dentre os fatores predisponentes ao surgimento das arboviroses emergentes no Brasil, se destacam: Mudança climática em 52,6%, desmatamento 26,4% e ocupação desordenada de áreas urbanas 21% .Observou-se destaque para a presença do clima tropical (52,6%),mudança climática (47,4%),observou que problemas como: falta de saneamento básico e políticas públicas de urbanização (68,5%) e baixo nível socioeconômico (31,5%), além de abastecimento hídrico deficiente (63%) e água parada (37%) contribuem fortemente para a evolução desta doença em nosso país. Conclusões: Dessa maneira, considera-se que diante dos resultados encontrados torna-se evidente que as arboviroses aqui referidas constituem um grande problema de saúde pública no brasil. Assim, faz-se necessário o fortalecimento e a integração da vigilância e educação em saúde, a fim de direcionarmos métodos de controle e prevenção contra essas doenças no País.

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet