5AS: INTERVENÇÃO BREVE E MÍNIMA PARA A PREVENÇÃO E CESSAÇÃO DO TABAGISMO JUNTO AO SERVIÇO DE SAÚDE REVISÃO LITERÁRIA

Rodrigo Penha Maciel, Ana Caroline Zacarias Delfiol Silva, Everton Luiz dos Santos, Jose Renato Romero, Fernanda Amendola

Resumo


Introdução: o tabagismo é um importante fator de risco evitável para o desenvolvimento de doenças não transmissíveis, incluindo câncer, doenças cardiovasculares e respiratórias. Consequentemente, 12% de todas as mortes de adultos em todo o mundo são atribuíveis as doenças tabaco relacionadas. Como uma das principais causas de morte evitável, o uso do tabaco merece uma prioridade tão alta nos cuidados de saúde como o tratamento da diabetes, hipertensão e outras doenças crônicas importantes. Objetivo: apresentar as recomendações mínimas de abordagem ao usuário do serviço de saúde a respeito ao estimulo à prevenção e cessação do tabagismo. Método: revisão literária entre os anos de 2014 até 2017 nas bases de dados Scielo, Biblioteca Virtual em Saúde e PUBMED. Resultado: no mundo o 5AS representam uma sequência lógica de ações que englobam dentro da prática profissional uma abordagem e mínima sobre a promoção, prevenção e cessação do tabagismo, sendo uma abordagem de baixo custo e alta efetividade. Na prática engloba: Abordar ou perguntar sobre o tabagismo, Aconselhar, Avaliar, Ajudar ou preparar o fumante a abandonar o hábito e Acompanhar o processo de cessação do tabagismo. No Brasil a recomendação é realizada pelo Ministério da Saúde por meio do INCA conhecida como PAAPA. Conclusão: conhecer as políticas e as diretrizes de apoio a prevenção e cessação do tabagismo se faz necessário até mesmo para o autocuidado profissional, que têm um papel importante a desempenhar por meio da promoção da saúde e estilos de vida para implementação de culturas livres de tabaco.

Palavras-chave


Tabagismo; Abandono do uso deTabaco; Saúde.

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet