CT²P: UM FRAMEWORK TRANSDISCIPLINAR ORIENTADO A PROCESSOS PARA APOIO À FASE DE DESIGN DO PRODUTO EM ENGENHARIA DE SISTEMAS

Autores

  • Renato Fernandez Universidade de Guarulhos

DOI:

https://doi.org/10.33947/2595-6264-v2n1-3533

Palavras-chave:

Engenharia de Sistemas, Gerenciamento de Projetos, Gestão de Processos de Negócios, Simulação, Modelagem Transdisciplinar de Processos, Gerenciamento do Ciclo de Vida do Produto.

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar e discutir as potencialidades de uma metodologia transdisciplinar de modelagem de processos, denominada Framework CT²P, para apoiar os processos da fase de design de produto (desenvolvimento do produto e gestão da produção pela organização) no ciclo de vida de engenharia de sistemas. A metodologia consiste em criar um modelo conceitual de referência dos processos de ciclo de vida de engenharia de sistemas e transformá-lo em modelos especializados das áreas de Engenharia de Sistemas Baseada em Modelos, Gerenciamento de Projetos, Gestão de Processos de Negócios e Modelagem e Simulação. Os principais benefícios gerados pela abordagem são derivados de: A sistematização do desenvolvimento do modelo, englobando os processos de engenharia de sistemas e seu gerenciamento; O uso do Framework CT²P para implementação e análise de modelos, baseado no uso simultâneo de diversas disciplinas e suas respectivas metodologias e ferramentas; A avaliação conjunta dos modelos especializados criados para fornecer melhores soluções e melhorar o desenvolvimento do projeto. O Framework CT²P pode ser utilizado para a implementação de ambientes genéricos, feitos pelo conjunto de aplicações implementadas com as ferramentas especializadas utilizadas nas diversas disciplinas. Esses ambientes genéricos podem ser usados para realizar o gerenciamento do ciclo de vida de produtos por organizações que desenvolvem projetos de ciclo de vida curto, caracterizados por escopos de complexidade de baixo e médio nível, submetidos a severas restrições temporais e orçamentárias, como uma alternativa ao uso de sistemas proprietários complexos, caros e de difícil configuração, existentes no mercado.

Biografia do Autor

Renato Fernandez, Universidade de Guarulhos

Doutor em Engenharia de Sistemas Espaciais (INPE). Mestre em Engenharia Mecânica (UNITAU). Especialista em Engenharia da Computação (UFU). Graduado em Processamento de Dados (UFSC). Graduado em Computação (ITA). Professor da UnG Universidade de Guarulhos – Av. Anton Phillips, nº 01, Vila Hermínia – Guarulhos / SP- CEP: 07030-010 – renato.fernandez@prof.ung.br

Referências

AALST, Will M. P. van der; WESKE, Mathias; WIRTZ, Guido. “Advanced Topics in Workflow Management: Issues, Requirements and Solutions”. Journal of Integrated Design & Process Science. Volume 7 Issue 3, August 2003, p. 49-77. Disponível em: https://dl.acm.org/citation.cfm?id=1240310. Acessado em: 08/10/2018.

Federal Information Processing Standards Publications (FIPS PUBS). Integration Definition for Function Modeling (IDEF0). 1993. Disponível em: http://www.idef.com/wp-content/uploads/2016/02/Idef1x.pdf. Acessado em 18/08/2018.

FERNANDEZ, Renato. “ENGESIS - Um Framework Transdisciplinar Orientado a Processos para Apoio à Fase de Design da Engenharia Concorrente em Missões Espaciais”. Tese de Doutorado. INPE. São José dos Campos. 2016. Disponível em: http://mtc-m21b.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.12.23.58/doc/publicacao.pdf.

JESTON, John; NELIS, Johan. Business Process Management: Practical Guidelines to Successful Implementations. 1ª edição. Editora Elsevier, 2006.

KIENBAUM, Germano de Souza; SILVA, Luiz Alexandre da; LOUREIRO, Geilson; NETO, Álvaro Augusto; ROBINSON, Stewart. “A framework for process science and technology applied to concurrent engineering”, In: ISPE International Conference on Concurrent Engineering,2012, Trier, Germany. Proceedings... London: Springer-Verlag, 2012. v. 2, p. 1033-1044. ISBN 9781447144250. Disponível em: http://plutao.sid.inpe.br/col/dpi.inpe.br/plutao/2012/11.28.14.40.58/doc/CE2012.pdf. Acessado em: 18/11/2018

KIENBAUM, Germano de Souza. “A Framework for Process Science and Technology And its Application to Systems Concurrent Engineering”. INPE. São José dos Campos. 2016. Disponível em: http://mtc-m21b.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/mtc-m21b/2015/10.29.12.14/doc/publicacao.pdf. Acessado em: 18/11/2018.

KIENBAUM, Germano de Souza; FERNANDEZ, Renato; SILVA, Elaino Kelson Teixeira da; MARIA Rodrigo; COICEV, Marcelo; GARTENKRAUT, Eduardo; RODRIGUES, Marcio; NETO, Alvaro Augusto; FERREIRA, Mauricio. “A Transdisciplinary Process Oriented Framework to Support Generic PLM Implementation for Use by Small and Medium Enterprises”, In: ISPE2016 International Conference on Transdisciplinary Engineering. IOS Press Ebooks Volume 4 p. 808-817. DOI 10.3233/978-1-61499-703-0-808. Disponível em: http://ebooks.iospress.nl/volumearticle/45466. Acessado em: 11/11/2018

MODEL-Based Systems Engineering (MBSE). Disponível em : <http://www.omgwiki.org/MBSE/doku.php>. Acessado em: 08/11/2018.

MURDOCH John; McDERMID, John A. “Modelling Engineering Design Processes with Role Activity Diagrams”. Journal of Integrated Design & Process Science. Volume 4 Issue 2, April 2000, p. 45-65. Disponível em: https://dl.acm.org/citation.cfm?id=1240310. Acessado em: 08/10/2018.

OMG-Object Management Group. Business Process Modeling and Notation. Versão 2.0. 2011. Disponível em: https://www.omg.org/spec/BPMN/2.0/. Acessado em: 18/10/2018.

PIDD, Michael. Computer Simulation in Management Science. 5ª edição. Editora IE-WILEY, 2004.

PMBOK. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos. Guia PMBOK. 6ª Edição. Newton Square, PA: Project Management Institute, 2017.

SEBoK. Guide to the Systems Engineering Body of Knowledge (SEBoK), version 1.8. 2017. 1.183 p. Disponível em: https://www.sebokwiki.org/wiki/Download_SEBoK_PDF. Acessado em: 08/11/2018

Downloads

Publicado

2019-06-10

Edição

Seção

ARTIGOS