A IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO PARA A ODONTOLOGIA

Fernando de Souza Malta, Marta Ferreira Bastos

Resumo


Por volta de 1900, Frederick Winslow Taylor testou que o ser humano conforme realiza uma determinada atividade por um longo período de tempo, acaba se tornando especialista nesta atividade e desenvolvendo técnicas e instrumentos para que essa atividade seja executada de maneira mais eficaz. Com o passar dos anos a odontologia teve o privilégio de escrever sua história com nomes de homens que foram se tornando especialistas no que praticavam, de modo que a exodontia já não era mais o único tratamento, desenvolvendo então áreas de atuação como a dentística restauradora, endodontia, periodontia entre outras. Com o passar do tempo, iniciar a vida acadêmica tem se tornado algo mais fácil e necessário para o mercado de trabalho, porém com a grande quantidade de áreas de atuação, o futuro profissional acaba encontrando dificuldades para escolher em que irá se especializar. De todas as possibilidades que a vida acadêmica traz para este novo profissional, a área científica nem sempre é levada em consideração, ora por influência de conhecidos que atuam nas diversas áreas da profissão ora pela falta de conhecimento do aluno sobre o desenvolvimento da ciência. Ao vasculharmos a história da odontologia, é possível observar que durante muito tempo e em muitos casos a criação de técnicas e o desenvolvimento de conhecimento foram obtidos por métodos não empíricos. Contudo esta visão tem mudado grandemente, uma vez que nos últimos anos pudemos comprovar que o Brasil tem se destacado na produção de ciência e tem competido com países que utilizam de técnicas empíricas para o seu desenvolvimento. No entanto, ainda não é possível observar este crescimento na quantidade de artigos citados, o que demonstra que a ciência Brasileira ainda não é vista como um referencial. A distância entre o aluno que ingressou recentemente na graduação e os eventos institucionais tem diminuído e este novo profissional está mais inserido nos acontecimentos das universidades de modo que existe a necessidade de mostrar a este aluno, a ciência que tem sido produzida dentro dos laboratórios. Para quebrar o mito de que a área cientifica é algo muito distante dos calouros e incentivar os novos profissionais da odontologia a contribuir com seu conhecimento, será demonstrado de maneira detalhada um dos projetos que está em execução dentro dos laboratórios da instituição, permitindo aos alunos uma melhor compreensão do dia-a-dia da pesquisa. O intuito desta abordagem é motivar a entrada dos mesmos no desenvolvimento de projetos científicos, elevando assim o reconhecimento da instituição como geradora de conhecimento e, em longo prazo, a representatividade do Brasil na produção de conhecimento.

Palavras-chave


Odontologia; Ciência; Tecnologia e Sociedade; Comunicação e Divulgação Científica

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet