A IMPORTÂNCIA DA SISTEMATIZAÇÃO DA ENFERMAGEM NO PERIOPERATÓRIO

Márcia Cibele Andrade dos Santos Ferreira, Aline Dyelle da Silva Sousa, Andre Ricardo do Nascimento, Raquel Porto Barros, Juliana Rodrigues da Silva, Geilson Lobo Melo Filho

Resumo


Introdução: A SAEP compreende três fases assim designadas: a pré-operatória, na qual é realizada a visita de enfermagem; a transoperatória e a pós-operatória. Ressalta-se que a assistência é complexa, peculiar e individualizada em todas as etapas. Objetivo: enfatizar a importância da SAEP no período perioperatório, identificando assim as necessidades físicas e psicológicas do cliente cirúrgico. Metodologia: Optou-se por uma revisão narrativa da Literatura com abordagem do tipo exploratória e descritiva. Os artigos selecionados foram encontrados na Biblioteca Virtual em saúde (BVS) e Periódicos Capes através das bases de dados Literatura Latina Americana e do Caribe em ciências da saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SCIELO Brasil) e Bancos de dados de Enfermagem (BDENF). Como critérios de inclusão optou-se por artigos na íntegra, em língua portuguesa, indexados nas bases de dados citadas e publicados no período compreendido entre 2009 a 2015. Resultado e discussão: A SAEP vem para operacionalizar a importância da assistência de enfermagem integral, individualizada, continuada e sistematizada, participativa, documentada e avaliada, além de adequar normas, rotinas e condutas para a prestação da assistência. O objetivo principal da SAE é o cuidado individualizado, onde a enfermagem atende as suas necessidades básicas que é planejado antes prática. O amparo integral ao cliente, ou assistência holística é entendido como uma experiência de bem-estar, resultante do equilíbrio dinâmico do organismo, envolvendo os aspectos físicos, psicológico, social, mental e espiritual. A visita pré-operatória de enfermagem consiste no primeiro passo para a sistematização da assistência de enfermagem perioperatória garantindo a satisfação das necessidades físicas e emocionais do cliente, sendo a enfermagem perioperatória a assistência de enfermagem praticada nos períodos pré-operatório imediato, transoperatório e pós-operatório imediato da experiência cirúrgica do paciente. Conclusão: Neste sentido este trabalho fundamenta a prática do desenvolvimento da SAEP realizada pelo enfermeiro do centro cirúrgico, buscando uma assistência de enfermagem mais efetiva, minimizando o processo de desgaste emocional do paciente submetido ao procedimento cirúrgico, mas principalmente, concretizar um fazer de qualidade no trabalho do profissional enfermeiro. Constatamos, portanto, que a enfermagem perioperatória preocupasse em oferecer ao paciente cirúrgico uma assistência individualizada e humanizada.

Palavras-chave


ASSISTÊNCIA;SAE;SAEP

Texto completo:

PDF


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet