A LOGÍSTICA REVERSA COMO INSTRUMENTO DE VANTAGEM COMPETITIVA

Autores

  • Tailine Silva Pinheiro Barbosa Faculdade Santíssimo Sacramento

Palavras-chave:

Logística Reversa. Pós-venda, Pós-consumo. Diferencial Competitivo.

Resumo

A busca constante por ações e estratégias para fidelizar o cliente ao produto e à marca, agregar valor, tornar o produto competitivos e principalmente menos impactantes aos recursos naturais estão ganhando espaço nas mesas de reuniões das empresas que desejam potencializar seus ganhos competitivos. Agregar valor também significa inovar e ao mesmo tempo buscar novas alternativas diferenciais ao tradicionalismo, ao óbvio. Como meio para alcançar a fidelidade dos clientes e ao mesmo tempo adquirir práticas sustentáveis, destaca-se à logística reversa, que opera e controla o fluxo de informações, do retorno dos bens de pós-venda e de pós-consumo ao ciclo de negócios ou ao ciclo produtivo, por meio de canais de distribuição reversos. Desta forma o gerenciamento pela logística reversa tem atualmente adquirido espaço tanto a nível acadêmico quanto a nível empresarial, pois além de agregar valores socioambientais, atua também no sentido econômico da empresa, através da redução dos custos por matéria prima, provenientes do retorno desta a cadeia de suprimento. A proposta este artigo é fazer uma revisão bibliográfica sobre a logística reversa, mostrando sua importância nas em presas atuais que desejam se diferenciar em relação aos seu concorrentes.

Biografia do Autor

Tailine Silva Pinheiro Barbosa, Faculdade Santíssimo Sacramento

Departamento de Engenharia de Produção

Downloads

Publicado

2018-10-31

Edição

Seção

Artigos