A IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA E DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA CRECHE PÚBLICA

Autores

  • Geane Vilas Boas Lisboa Creche Irmã Eleonora
  • Antonio Carlos Estender Universidade de São Caetano do Sul - USCS

DOI:

https://doi.org/10.33947/1982-3290-v12n1-3060

Palavras-chave:

Resíduos, Educação Ambiental, Coleta Seletiva, Creche, Reciclagem

Resumo

Este trabalho se propõe a compreender as percepções dos stakeholders sobre a importância da educação ambiental para a aplicação prática da coleta seletiva, visa também solucionar problemas específicos, no caso, o descarte inadequado dos resíduos sólidos. O objetivo foi verificar o quanto a coleta seletiva reduzirá na quantidade de resíduos gerados na organização. O trabalho foi realizado por meio de estudo de caso único em uma empresa do setor de educação, onde foram efetivadas entrevistas de natureza qualitativa e exploratória, sendo a coleta de dados efetuada por meio de questionários destinados aos stakeholders. Diante do exposto as implicações mais relevantes foram que para que o objetivo seja atingido a melhor alternativa para a solução do problema é a implantação da educação ambiental de modo a viabilizar a mudança na cultura organizacional de forma contínua e sustentável gerando a melhoria da qualidade de vida e a preservação do meio ambiente.

Biografia do Autor

Geane Vilas Boas Lisboa, Creche Irmã Eleonora

Bacharel em Administração

Antonio Carlos Estender, Universidade de São Caetano do Sul - USCS

Mestre em Administração

Downloads

Publicado

2019-10-18

Edição

Seção

Artigos