ESTUDOS SOBRE O RISCO CARDIOVASCULAR DESENVOLVIDOS POR ENFERMEIROS: REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Bruna Rosa Dos Santos Lima
  • Angela Maria Dias Ribeiro Dos Santos
  • Edna Apparecida Moura Arcuri Universidade Guarulhos
  • Victor Cauê Lopes Faculdades do Vale do Juruena - AJES
  • Djene Elika Bezerra Quintans Universidade Guarulhos

Palavras-chave:

Risco cardiovascular, enfermagem, fatores de risco, hipertensão arterial, assistência de Enfermagem

Resumo

Objetivo: Verificar na literatura a existência de estudos desenvolvidos por enfermeiros brasileiros sobre risco cardiovascular. Métodos: Revisão tipo integrativa. As buscas ocorreram via Biblioteca Virtual da Saúde (BVS), nas bases de dados: LILACS, BDENF e SciELO, além de ferramentas complementares como Google acadêmico e currículo na Plataforma Lattes. Resultados: Foram identificados 65 estudos, incluídos nas seguintes categorias: “Risco em trabalhadores”; “Prevenção e Qualidade de vida”; “grupos etários”; Etilismo, “Gestantes”, “Estresse” e “artigos gerais sobre o risco”. Duas categorias foram analisadas: “Artigos gerais sobre o risco” e “Risco em trabalhadores”, num total de 28 estudos. Os Estados que mais publicaram foram São Paulo e Rio de Janeiro somando juntos 48%. Os estudos com abordagem quantitativa e corte transversal foram maioria (96%) e delineamento descritivo (71,42%). Conclusões: Houve avanço na caracterização do conhecimento do tema, porém de forma ainda insípida para mudanças na prática.

Downloads

Publicado

2016-10-13

Edição

Seção

REVISÃO DE LITERATURA