VIABILIDADE DE LACTOBACILLUS CASEI EM ALIMENTO PROBIÓTICO INFANTIL RELACIONADA A VIDA-DE-PRATELEIRA

Autores

  • Thaís DÁvila Hungria Universidade Guarulhos
  • Priscila Larcher Longo Universidade Guarulhos

Palavras-chave:

Probióticos. Lactobacillus casei. Vida-de-prateleira

Resumo

Atualmente além dos efeitos nutricionais a população busca alimentos com efeitos benéficos a sua saúde. O consumo de alimentos probióticos por crianças e adultos tem como função o estabelecimento de uma microbiota que contribui para a atividade saudável do intestino. Estes alimentos possuem prazo de validade de vencimento menor que os produtos convencionais e muitas vezes, são consumidos com a data vencida. Assim, este trabalho teve como objetivo analisar, através de cultivo microbiológico, a viabilidade de bactérias probióticas (Lactobacillus casei) presentes em um alimento probiótico infantil relacionada a vida-deprateleira indicada pelo fabricante. As culturas foram realizadas em ágar Rogosa, as amostras do alimento foram semeadas por Pour plate dez dias antes da data de vencimento, na data e dez dias após a data. As placas foram incubadas em chama de vela e foi realizada a contagem de UFC viáveis. Foi possível observar diminuição do número de microrganismos probióticos viáveis conforme a progressão do tempo da vida-de-prateleira e dez dias após o vencimento, apesar das características organolépticas do produto encontrarem-se inalteradas, a quantidade de microrganismos viáveis não atingia o mínimo exigido pela Legislação vigente indicando que o consumo de tais produtos, fora do prazo de validade, além de poder trazer desconfortos intestinais, não confere os benefícios esperados

Downloads

Publicado

2009-11-17

Como Citar

Hungria, T. D., & Longo, P. L. (2009). VIABILIDADE DE LACTOBACILLUS CASEI EM ALIMENTO PROBIÓTICO INFANTIL RELACIONADA A VIDA-DE-PRATELEIRA. Revista Saúde - UNG-Ser, 3(3), 10–15. Recuperado de https://revistas.ung.br/saude/article/view/477

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL