DESCARTE DOMÉSTICO DE MEDICAMENTOS E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O IMPACTO AMBIENTAL DECORRENTE

Luciana Santos Vieira Alvarenga, Maria Aparecida Nicoletti

Resumo


Este artigo traz a preocupação sobre as consequências do descarte doméstico de medicamentos ao meio ambiente. A contaminação de águas e solo por fármacos tem sido verificada em todo o mundo o que demanda atitudes efetivas para a redução dos impactos ambientais decorrentes. A população tem sua parcela de responsabilidade no processo devendo estar esclarecida e envolvida no processo de conscientização da geração de resíduos bem como da importância do uso racional de medicamentos como sendo uma das medidas necessárias a diminuir as sobras decorrentes de aquisição desnecessária ou do não cumprimento do esquema terapêutico proposto, além de outras.

Palavras-chave


Desperdício de medicamentos. Descarte de medicamentos. Meio ambiente. Uso racional de medicamentos.

Texto completo:

PDF HTML

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


1) UnG - Universidade Guarulhos 2) Indexador: Latindex 3) Indexador: Dialnet